Bandeira Brasil Protestante
Porque os países protestantes são mais desenvolvidos que o Brasil
Última atualização em 18/03/2020
Se preferir, você pode assistir o vídeo ao invés de ler o texto.

Neste vídeo/artigo eu vou iniciar o diagnóstico da origem do nosso baixo desenvolvimento social, econômico, etc. Pra isso, eu te convido a fazer a seguinte análise... Por que, os Estados Unidos, a Inglaterra, a Escócia, a Nova Zelândia, a Austrália, a Suécia, a Suíça, a Dinamarca, a Noruega, a Finlândia, o Canadá e a Alemanha, são países significativamente mais desenvolvidos que o Brasil... Por que?

Pois bem, no ano 2000, eu escrevi um livro chamado Renasce Brasil, onde eu tentava repassar estes esclarecimentos à população brasileira, numa tentativa de conter o crescimento do esquerdismo que, naquela época, estava de vento em popa. Mas, por razões econômicas, eu não consegui avançar neste propósito, naquela ocasião. Hoje porém, com a ajuda da Internet, e de você, que está me assistindo, estou fazendo uma nova tentativa de esclarecer a sociedade brasileira, sobre isso.

No capítulo 2, da página 26, do referido livro, eu coloquei um gráfico demonstrando qual é a principal diferença entre o povo brasileiro, e os povos dos países que eu citei anteriormente.

Esse é o conteúdo da página 26, do livro Renasce Brasil.

Percentual de católicos e protestantes nos países desenvolvidos

Nessa página, eu listo os 22 países mais desenvolvidos do mundo, e demonstro graficamente, na cor verde, o percentual de cristãos católicos em cada país.

Na cor amarela, o gráfico mostra o percentual de cristãos protestantes, em cada um desses países chamados de primeiro mundo. Eu utilizei dados do ano 2000, porque foi nessa época que o livro foi escrito.

Veja que em primeiro lugar, desse ranking, tínhamos o Canadá, com 45% de católicos, e 36% de protestantes.

Em segundo lugar, tínhamos os Estados Unidos, com 21% de católicos, e 57% de protestantes.

Em terceiro Lugar, tínhamos a Noruega, com 0% de católicos, e 87% de protestantes.

Observe o gráfico, e veja que os países que ocupam os 15 primeiros lugares, no ranking de desenvolvimento humano, que avalia os países pela sua educação, economia, segurança e saúde, são países com elevadíssimos percentuais de protestantes, em suas sociedades.

Em alguns deles, a igreja do Estado, é protestante, como é o caso da Noruega, Suécia, Inglaterra, Finlândia e Dinamarca.

Se desejar, você pode fazer o download gratuito, deste capítulo no site Renasce Brasil .

Pois bem, o povo brasileiro, é majoritariamente católico romano e está acostumado a dobrar o joelho diante de dezenas de estátuas religiosas e de qualquer personalidade que tenha o título de santo. Já os povos citados anteriormente, são majoritariamente cristãos protestantes e, por isso, aprenderam a não dobrar o joelho diante de ninguém, inclusive, diante de políticos corruptos que tentam se fazer de santo, aos olhos do povo.

A maioria dos povos latino-americanos, que foram ensinados, pelo catolicismo romano, a dobrarem seus joelhos e se submeterem a centenas de divindades ou santos, são muito mais propensos a se submeterem, também, aos políticos vigaristas que se fazem de santos com discursos populistas. Lula e o PT, por exemplo, aproveitaram-se dessa fragilidade brasileira e se apossaram de algumas igrejas católicas subordinando os fiéis, aos seus interesses particulares. Veja ele mesmo confessando isso no vídeo www.youtube.com/watch?v=03kMvsWPOSw.

Se queremos formular soluções reais, pra nossa sociedade, nós não podemos fazer vista grossa aos fundamentos religiosos das diferentes sociedades.

Nos próximos vídeos/artigos, 4, 5, 6 etc, eu vou demonstrar como a dependência e submissão a santos, ou a qualquer outro conjunto de múltiplas divindades, enfraquece a capacidade de um povo identificar, reagir e defender-se contra todos aqueles que intentam escravizá-lo, com palavras doce e populistas.

Hoje, se a grande maioria dos nossos políticos, são incompetentes, ladrões ou corruptos, é porque nós caímos nas suas lábias e os elegemos.

Portanto, não adianta fazer reforma política, e trocar meia dúzia por seis. Precisamos reformar, na verdade, é a nossa igreja católica, pra que ela abandone o culto a santos e fortaleça a capacidade de discernimento intelectual dos nossos cidadãos.

Precisamos aprender que, dobrar o joelho, somente a Deus e a Cristo, e a ninguém mais, é o caminho mais seguro para nos tornarmos um povo realmente independente, sábio, forte, e apto a identificar e selecionar os melhores brasileiros para que sejam os nossos líderes, e conduzam a nação na direção do sucesso.

Hoje, o Brasil está cheio de gente errada, nos lugres errados, e nós temos que reverter esse quadro pra mudar o destino do país.

Assista o vídeo 2 em: Reformando o Brasil - Vídeo 2


Valvim Dutra - Autor do Livro Renasce Brasil


Copyright - A republicação dos artigos deste site é permitida desde que citada a fonte com um link para a página original.

Nota: Este artigo é a expressão do pensamento e opinião pessoal do autor, resguardada e protegida pelo direito constitucional inviolável da liberdade de expressão no Brasil. O autor é o único responsável pelas ideias e opiniões expressas acima.

Link Patrocinado
Img protestantes
Links Patrocinados
Principais páginas deste Site
Importante: Os anúncios tipo links patrocinados são publicidades externas, automatizadas, e eventualmente podem não refletir os objetivos e ideais deste site.
☰ Menu